11 agosto 2006

E por falar em insight

Photobucket - Video and Image Hosting

Ser bom em resolver problemas é diferente de ser bom na busca de oportunidades. Diante de um problema, o desafio é buscar a melhor solução; diante de uma oportunidade, o desafio é pensar idéias.
Oportunidade é aquilo que você vê quando ninguém está olhando. Sorte? Privilégio? Há quem pense que as oportunidades são como acidentes: só acontece com os outros. Na verdade, todos nós vivemos cercados de oportunidades, mas elas passam a existir a partir do momento em que são percebidas. E aí está o principal talento do líder visionário: perceber oportunidades onde a maioria só consegue ver crises, obstáculos e dificuldades. Mas essa é apenas uma parte da história. Veja como aproveitar as oportunidades oferecidas tão gratuitamente em sua vida.
Uma questão de crença
Resolver um problema é quase sempre se ater ao passado enquanto uma oportunidade é sempre uma especulação sobre o futuro. Ser bom em resolver problemas é diferente de ser bom na busca de oportunidades. Diante de um problema, o desafio é buscar a melhor solução; diante de uma oportunidade, o desafio é pensar idéias. Pois bem! Transformar problemas em oportunidades é uma das características do líder empreendedor.Como ver o que a maioria não vê? Enxergar oportunidades é uma questão de crença. É ser um adepto do empírico "crer para ver" do que do racional "ver para crer". E essa é uma característica do líder visionário: ser capaz de imaginar quantas maçãs existem em uma semente em vez de apenas contar as sementes que existem em uma maçã.Toda oportunidade começa, portanto, nos olhos da mente. Começa com a crença de que aquilo que é meramente uma imagem pode, um dia, se tornar realidade. É acreditar nas possibilidades mais do que nas probabilidades.Oportunidade é, sobretudo, acreditar. Mas não basta! É também uma questão de coragem.
Uma questão de coragem
Para ter êxito na vida é preciso aceitar a vulnerabilidade. Isso significa correr os riscos de abandonar a zona de conforto e mergulhar na zona de expansão. Entenda-se por zona de expansão a região do desconhecido onde os riscos nem sempre são calculados e o retorno nem sempre é garantido. É denominada de zona de expansão porque é aí que ocorre o aprendizado e o crescimento. É aí que o ser humano aproveita a oportunidade para tornar-se melhor.
Coragem não é ausência de medo, mas uma determinação de enfrentar o medo. A oportunidade é como a licença contra o medo. Diante de uma visão inspiradora e vontade de contribuir, o medo muda de tamanho. Não que o medo seja eliminado, mas ele se torna muito menor diante da causa e do projeto.Apegado ao conhecido, jamais faremos contato com o desconhecido. A oportunidade remete ao desconhecido e estará sempre presente para aqueles que desejam correr riscos e viver corajosamente.
Uma questão de ação
Uma forma de criar oportunidades é transformar problemas em projetos. Problema lembra obstáculo, aborrecimento e passado. Projeto lembra desafio, mudança e futuro.Projeto é a meio através do qual um problema pode ser transformado em oportunidade. Como o próprio nome diz, um projeto é a projeção de uma idéia, acolhida em uma situação de oportunidade. Visto assim, um projeto não é uma reprodução do passado, mas uma aventura de risco rumo ao desconhecido. O medo muda de tamanho quando estamos diante de um projeto com objetivos nobres e uma causa apaixonante e inspiradora.Projeto é o que melhor traduz as nossas crenças, desejos e desafios. É onde devemos colocar a nossa energia e o nosso tempo. Projeto é compromisso: consigo e com os que se beneficiarão dele.
Um projeto é a melhor maneira de aproveitar as oportunidades, transformá-las em novos empreendimentos, criar clientes satisfeitos, produzir resultados e ter histórias para contar no futuro.
Uma questão de atenção
É preciso prestar atenção no mundo ao redor para enxergar as oportunidades, mas é preciso estar também atento com o mundo interior. O insight nada mais é do que o encontro feliz da percepção com a intuição. Leon Tolstoi dizia que "há quem passe pelo bosque e só venha lenha para a fogueira".
Prestar atenção significa fazer uma conexão entre a realidade externa e sua fonte interior e conseguir ver além do que todos vêem. É acreditar, ter a coragem de transformar essa crença em um projeto de grandeza e de transformá-lo em realidade.

*Roberto Adami Tranjan é consultor, educador e escritor. É autor do Metanóia - Uma história de tomada de decisão para você rever os seus conceitos e A Empresa de Corpo, Mente e Alma.
Fonte: www.robertotranjan.com.br

Um comentário:

Rick Silver disse...

Oá, Marli...
Como deves ter visto, andei "fuçando" em teus BLOGS, por aí... e me deste uma ótima idéia: fazer um deles como Diário de Bordo do curso... fantástico isso! Desculpe a apropriação da idéia, mas serás creditada pelo fato...
Gostei muito do trabalho que estás fazendo com estas "ferramentas"...
Bjão.

 
BlogBlogs.Com.Br